Preço médio do aluguel é o mesmo de três anos atrás

size_810_16_9_salvador

O preço médio do metro quadrado anunciado para locação em agosto foi de 30,13 reais, segundo o Índice FipeZap, que acompanha a variação do aluguel em 11 cidades brasileiras. Esse é o mesmo valor registrado em abril de 2013.

Nesses três anos, a queda real do aluguel, ou seja, a variação já descontada a inflação no período, foi de 22,2%. Nos últimos 12 meses, essa queda foi de 12,73%, e todas as cidades monitoradas pelo índice mostraram resultados inferiores à inflação.

Isso significa que os preços estão favoráveis para locatários e que o seu poder de barganha para negociar com proprietários de imóveis está melhor.

Sem descontar o aumento generalizado dos preços, o valor médio de locação registrou queda de 4,9% nos últimos 12 meses e de 2,8% desde o início do ano. De julho para agosto, os preços ficaram praticamente estáveis, com queda de apenas 0,37%.

Confira a matéria completa com as tabelas no site Exame.com


Hoje é dia de História para o Brasil, dia da Independência

independencia-01


Como pagar R$ 100 mil a menos no financiamento do imóvel

size_810_16_9_imovel-e-calculadora

Você pode economizar muitos milhares de reais se juntar um valor de entrada maior para financiar seu imóvel. Antes de embarcar em um financiamento deste tipo, é preciso estar ciente do alto custo dos juros na sua vida.

Ao financiar um imóvel popular de 200 mil reais em 25 anos, por exemplo, a diferença entre dar uma entrada de 10% ou de 50% custa 148 mil reais. A mesma comparação aplicada a um imóvel de 750 mil reais gera uma economia de 398 mil reais.

Quanto maior o valor da entrada, é claro, mais dinheiro você deixa de pagar com os juros do financiamento.

“Fazer esse esforço prévio é economizar muito dinheiro. Além de pagar menos juros, você pode conseguir taxas de financiamento mais baixas”, orienta Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

Veja a matéria completa no site da Exame Abril


Ref 519 – OFERTA DO DIA: Imóvel para Locação

Apartamento de 147m² com 3 dormitórios (com armários embutidos) sendo 1 suíte (com Closet), sala, cozinha (com armários), dependência de empregada, área de serviço (com armário), 3 wc´s e 2 vagas de garagem. Piso porcelanato.

 

Localizado no bairro Centro – Osasco
Valor: R 2.500,00

Ligue e confira mais informações: 11 2135-7300
Ou acesse o site http://goo.gl/NYb4Q9


Ref 9524 – OFERTA DO DIA: Imóvel para Locação

Casa de 148m² com 3 dormitórios (com armários), sala ampla (com sacada e piso de mármore), cozinha, lavanderia, 2 wc´s, churrasqueira e 2 vagas de garagem (cobertas).

Localizado no bairro Campesina – Osasco

Valor: R 3.500,00

 

Ligue e confira mais informações: 11 2135-7300

Ou acesse nosso site: http://goo.gl/SGDQK7


Confira 5 Apps para melhorar suas fotos

dia-da-fotografia--menor.gif

Tirar fotografias com o celular é um desafio. Não é fácil fazer com que uma câmera com um sensor tão pequeno capture de maneira adequada todos os momentos, mas você pode dar uma ajudinha para otimizar o funcionamento desse equipamento.

Conheça neste artigo uma série de aplicativos interessantes e com uma pegada mais profissional para Android e iOS — Esqueça o Instagram, nessa lista você vai conhecer alternativas bem melhores. Além disso, aprenda algumas dicas simples, mas muito eficientes, que vão transformar as imagems que você captura com o celular em cliques cada vez melhores.

VSCO Cam (Android e iOS)

Se você está procurando um editor realmente interessante e com ares profissionais para o seu celular, o primeiro da lista com certeza é o VSCO Cam. Esqueça os filtros muito artificiais, as molduras e esses recursos mais “artísticos”, já que este app tem outra pegada. Os seus efeitos e ferramentas prometem um ar natural e tornam a sua foto mais parecida com as batidas por câmeras analógicas.

Mas não espere aqueles filtros retrôs tão famosos nos aplicativos de edição atualmente. O efeito analógico que este programa aplica é bem sutil e as mudanças são nos detalhes. A nitidez da imagem pode ser melhorada e ele tem tantos recursos manuais que já se tornou o queridinho dos fotógrafos amadores e profissionais que usam também o celular para capturar imagens.

Ele funciona como uma galeria — ou seja, as fotos só são salvas nos álbuns do próprio celular se você exportá-las. Além disso, é possível publicar as suas criações em uma timeline na qual você pode seguir outros usuários e também ser seguido.

Afterlight (Android e iOS)

Um bom meio termo para quem acha o VSCO Cam muito complicado é o Afterlight. Ele traz várias ferramentas manuais e a possibilidade de deixar as suas imagens bem naturais, mas também tem filtros artísticos, molduras e tudo o que precisa para personalizar as suas fotografias.

Uma das melhores vantagens dele é que este programa não diminui a qualidade das fotografias quando você as edita — o que acontece com o Instagram, por exemplo. É possível bater fotos direto com o app ou usar arquivos salvos na galeria para criar imagens incríveis e bem nítidas. Ele ajuda a melhorar a iluminação e permite postar as fotos direto nas suas redes sociais preferidas.

Pixlr Express (Android e iOS)

Este aplicativo é uma boa alternativa se o seu celular não é compatível com o VSCO Cam e você não quer pagar pelo Afterlight: ele traz centenas de filtros, não estraga a qualidade das fotos e permite que você deixe as fotografias com uma cara mais bonita e charmosa. Ele possui filtros com aparência retrô, efeitos de cor e textura, molduras e muito mais!

Usar o Pixlr Express é bem fácil e você pode combinar um ou mais filtros para formar um novo visual. É possível controlar a quantidade de cada efeito (mesmo as molduras, texturas e ferramentas de edição manual) e você tem a opção de salvar as fotos em qualquer tamanho e proporção, desde que não extrapole o máximo daquele arquivo.

Studio Design (Android e iOS)

Depois de editar a iluminação, cor e textura das suas fotos, que tal decorá-las com textos e outros elementos? O Studio Design é uma espécie de mistura de editor de imagens, ferramenta de design e rede social. Nele, você pode usar as suas fotografias para criar peças de design usando formas, textos, molduras e vários outros elementos prontos.

Este aplicativo é uma ótima alternativa para quem gosta de editar fotografias com textos e elementos maiores, como formas geométricas planas e faixas que parecem desenhadas à mão. A vantagem é que tudo é muito bem feito e moderno, com um visual elegante e de muito bom gosto.

As criações do app lembram bastante imagens encontradas no Tumblr, por exemplo, com textos e objetos que parecem feitos à mão. É possível alterar o tamanho e a cor dos elementos, combinar objetos, aplicar texturas e muito mais. Para quem não é designer, mas tem bastante criatividade, essa ferramenta pode ser uma excelente forma de dar vida às suas ideias.

BlendPic (Android e iOS)

Quem gosta de mudanças mais profundas nas imagens e quer experimentar dupla exposição no celular, pode testar este aplicativo. Ele é uma excelente opção para juntar duas fotos, contando inclusive com vários modos de mesclagem para que você tenha imagens ainda mais bonitas.

É possível usar duas fotos que você bateu ou, se você preferir, aplicar uma das belíssimas texturas do aplicativo sobre a sua fotografia. Ele é fácil de mexer, permite ajuste de quantidade de efeito e não diminui a qualidade das imagens depois de terminar a edição. Torne as suas criações ainda mais diferenciadas e únicas com este aplicativo!

Dicas para melhorar ainda mais as suas fotos

Usando estes apps, você tem muito mais chances de conseguir boas fotografias, mas as limitações do celular ainda existem e é preciso alguns truques para driblá-las. Acompanhe as dicas a seguir e tente otimizar o seu gadget para conseguir fotos que parecem ter saído de uma câmera mais avançada!

Luz, muita luz!

O sensor de uma câmera de celular é minúsculo, então ele precisa de muita luz para que a imagem fique boa. Qualquer cena mais escura invariavelmente vai apresentar ruídos e outros problemas, então sempre que possível use o máximo de iluminação que você conseguir.

De dia, vale a pena até ligar luzes extras, mesmo que a cena pareça bem iluminada, principalmente para preencher áreas específicas da foto. Abusar de fundos brancos e claros também é uma boa dica, já que eles naturalmente deixam a fotografia mais limpa e com menos possibilidade de ruídos.

Se não for possível iluminar, seja criativo

Imagens tiradas à noite ou mesmo em ambientes com menos fontes de luz podem ser salvas usando alguns recursos simples. O primeiro é: não tente disfarçar o ruído usando ferramentas artificiais que “consertam” isso. Esse tipo de ferramenta dificilmente funciona e acaba deixando a imagem sem contornos, sem nitidez e com uma textura falsa.

A segunda dica é usar um contraste forte para aumentar o ruído ainda mais e torná-lo quase uma leitura artística da imagem. Por fim, se isso não adiantar, “apele” para o truque mais antigo nessas situações: transforme a sua imagem em uma fotografia em preto e branco e automaticamente os pontinhos e pixels distorcidos ganham um charme a mais.

Foco no que tem importância

Um dos maiores problemas de fotografias tiradas no celular é a falta de foco. Não é fácil, realmente, conseguir um clique super nítido, mas você pode tentar fazer isso clicando na tela para que a câmera foque o ponto desejado. Quanto mais iluminada a cena, melhor vai ser o foco, já que isso depende em grande parte da qualidade da imagem.

O VSCO Cam tem uma ferramenta que permite aumentar a nitidez de forma suave, porém é importante que a fotografia não tenha muito ruído ou isso não vai dar certo. Outra dica que precisa ficar gravada para sempre é: a lente do celular fica engordurada muito facilmente e isso deixa as fotos feias. Limpe a sua lente sempre antes de fotografar, a diferença dos resultados é gritante!

Fique parado

Fotografar com o celular é tão corriqueiro que podemos nem lembrar de realmente parar para tirar aquela foto. Imagens borradas são uma constante, até por que o conjunto ótico de uma câmera assim é bem “pobre” e não vai dar conta de amortecer tremores. Se você quer fotos mais bonitas, vai precisar trabalhar nisso.

Uma dica para quem não tem um apoio fixo na hora de fotografar é grudar os cotovelos no corpo, abrir levemente as pernas para dar equilíbrio e trazer a câmera o mais próximo de você, para que o seu braço não fique muito estendido. Pode parecer uma posição ridícula, mas é garantia de melhora na qualidade final!

Além disso, usar o botão físico do aparelho só atrapalha; prefira o shutter da tela. Muitos gadgets e apps trazem a possibilidade de bater fotos usando, por exemplo, o botão de volume, mas isso é uma cilada. É mais difícil ainda manter a câmera no lugar dessa forma e as chances são grandes de que a sua foto vai ficar tremida.

Tente combinar essas dicas — que podem ser resumidas em: ilumine, foque e segure bem o gadget — combinadas com a edição posterior, usando os aplicativos da lista acima, e você vai perceber que as imagens finais vão ficar muito mais bonitas e com a aparência de que foram tiradas por uma câmera melhor do que a de um aparelho móvel.

Matéria: TecMundo


DICAS PARA UMA MUDANÇA DE SUCESSO

Mudar-de-casa

Mudar de casa pode ser trabalhoso, demorado e até estressante, ainda mais se você não está disposto a contratar uma equipe especializada para fazer todo o trabalho. Porém, com um pouco de planejamento, esforço e ajuda ela acontece de forma gloriosa. Veja as dicas abaixo e saiba como fazer uma mudança de sucesso!

Primeiro: Planejar

Não tem jeito, um planejamento com antecedência de pelo menos um mês será necessário. Faça uma lista com os itens mais importantes para a sua mudança e ordem de empacotamento dos cômodos. A cada tarefa atingida, faça um risco no item. Planeje também quando serão desligados serviços de TV a cabo, assinaturas, telefone e outros. O ideal é desconectar os serviços no dia da mudança e instalar no dia anterior da sua chegada.

Tire do caminho o que não precisa mais

Antes de começar a embalar, separe tudo o que não usa: brinquedo quebrado, roupa sem uso ou itens de decoração que saíram de moda. Se eles estiverem em bom estado, você pode fazer uma doação para quem precisa ou se ele for de alto valor, revender para um brechó ou bazar . Este passo vai ajudar a não levar para a sua casa nova objetos que você não usa mais, economizando espaço, tempo e trabalho.

Materiais necessários

Para a mudança, você vai precisar de caixas (muitas caixas). Por isso, peça a conhecidos, amigos, familiares e até em supermercados. Evite aquelas usadas para transporte de alimento, já que podem ter vestígios. Se for o caso, compre caixas de papelão em lojas especializadas ou caixas de plástico que podem ser reutilizadas. Não esqueça das fitas para fechar as caixas e etiquetas.

Divisão por cômodo

Hora de começar a colocar tudo nas caixas. Faça uma divisão por cômodos ou de itens que você menos usa. Por exemplo, os objetos decorativos ou louças de natal devem ser empacotados primeiro, enquanto as roupas ou itens da cozinha que são mais usados devem ir para a caixa por último.

Endereço

Faça a comunicação da mudança de endereço para as empresas que enviam correspondências para você, como banco, faculdade ou escola, assinatura de revista ou jornal, cartão de crédito, Detran, entre outros. Se você tem seguro auto, será necessário fazer um o endosso.

Mesmo com esses cuidados, pode ser que os novos moradores da casa receberem algumas correspondências. Então, deixe seu novo endereço com algum vizinho para que eles possam reenviar para você.

Colocando nas caixas

Ao encaixotar seus objetos, procure colocar os itens mais pesados em caixas pequenas para evitar que ela rasgue. Já coisas leves, como roupas de cama ou edredom podem ir em caixas maiores.

Otimize o espaço usando panos de prato para proteger uma louça de vidro, colocando talheres dentro das panelas/potes ou envolvendo o espelho dentro dos edredons. Caso você não queira usar esta estratégia, os objetos podem ser embalados em plástico bolha.

Etiquetando para facilitar

Separe as caixas com etiquetas, indicando qual cômodo ela pertence, como “Quarto da Maria, cômoda pequena”. Ou se preferir, para ficar ainda mais fácil a identificação, marque as caixas também com ordem de importância. Fazendo isso, quando for abrir na casa nova, você dá prioridade as mais importantes. Lembre de sinalizar as caixas que contém coisas frágeis para serem transportadas com mais cuidado.

A melhor escolha é contratar uma empresa de mudanças, pois eles são experientes tanto para transportar caixa pequenas, quantos armários enormes. Faça uma pesquisa dos valores entre as empresas, quais são as garantias e os custos com seguro. Se for o caso, utilize o serviço somente para os móveis e eletrodomésticos maiores como geladeira e fogão, assim evita algum incidente.

Itens de sobrevivência

Separe em uma caixa ou malas itens essenciais para ficar com a família durante o transporte das caixas, se  a transportadora demorar para entregar as coisas na casa nova, você sobreviverá com eles. Junte alimentos não perecíveis, garrafas d’águas, utensílios de plástico, lanterna, toalhas, uma troca de roupa, lençóis, cobertor, produtos de higiene, entre outros que você considere fundamentais.

Verifique a nova casa

Alguns dias antes da mudança começar, veja as instalações do seu novo endereço, como fornecimento de água, de gás e internet. Se for necessário (e provavelmente será), programe uma limpeza ou pintura da casa.

O Seguro Residencial pode te ajudar na hora da mudança, com reparos elétricos, hidráulicos, em maquinas de lavar louça, fugão, instalação de barras de apoio, trocar o segredo da fechadura, instalação de varal, prateleira, olho mágico, limpeza de calhas, desentupimento, assistência de antenas e outros itens previstos na apólice.

.

Hora de tirar da caixa

Tem duas formas de acomodar as caixas na sua casa nova. A primeira é deixar tudo em um cômodo, evitando que a bagunça fique espalhada. A segunda é colocar as caixas nos cômodos de destino, fazendo com que cada uma já fique no seu devido lugar.

Faça um cronograma para começar a arrumar tudo. Lembra das etiquetas de prioridade? Então, comece a desempacotar pelos itens que tem mais importância. Conte com a ajuda da família e dos amigos com essa tarefa. Não se preocupe em lavar as louças ou roupas logo de cara. Faça isso à medida que usá-los. Provavelmente faltaria espaço para escorrer talheres ou estender a roupa.

 

Aproveite as nossas dicas e faça uma  mudança de sucesso e nada estressante. Para isso também, conte com o seguro residencial para ajudar no momento da mudança, além trazer segurança, conforto e tranquilidade para você e toda família.